0

O argumento de «A Canção do Berço» - Parte II

 

 95

- Se tens amor ao teu filho, saberás trabalhar. Dinheiro emprestado, Jim, não dou a ninguém!

Perambula por aqui, por ali, sem nada encontrar. Uns anúncios mostram-lhe a vantagem de ser fuzileiro naval. "Conheça o mundo!" Viagens, aventuras... Jim alista-se. E para celebrar o alistamento, entra com os companheiros e "amigos' em uma grossa bebedeira. De volta para casa, altas horas, e não encontrando Clara, que saíra para comprar um pouco de alimento para o pequeno, apanha-o e sem sequer reflectir, leva avante o seu plano. Enrola-o e sai para leva-lo á um orfanato. Quando Clara chega, louca de dor, já compreende o plano do marido, corre em busca de Cyrii Belloc, amigo e vizinho que muito os ajudava sempre, e com ele põem-se em busca de qualquer vestígio que denunciasse o paradeiro de ambos. Nada entretanto conseguem. A mágoa de Clara é intensa. Seu coração sofre brutalmente. Passam-se armos. Vamos encontrar Clara, agora, em pleno "front", servindo na Cruz Vermelha americana, auxiliando a aliviar os sofrimentos daquela quantidade enorme de feridos e agonizantes. Entre os homens que lhe chamam a atenção está um que já tentara por vezes conhecer. Quando, á noitinha cantava a "Canção do Berço", cantiga sentimental com a qual costumava embalar seu filho, ouve que ele se mexe e volta-se para ela. Desfaz-se a mascara do esquecimento. Recorda-se ela, num instante, de quem é ele: Jim!! Seu marido! Mortalmente ferido e completamente perdido, nos últimos instantes de vida. As palavras de Clara, rápidas, ferem-lhe os ouvidos.

  30003002

  — Onde está nosso filho, Jim? Para onde o levaste? Diz-me! Não faço outra cousa senão procura-lo! Jim ouve-a. Raciocina. Compreende tudo aquilo e, num último esforço, quase num arranco, diz-lhe, impetuosamente, tombando morto; depois da palavra que lhe custa um verdadeiro sacrifício pronunciar, naquela extrema agonia: — Ashmore!!! E é com este nome que Clara passa seus últimos dias no "front" e com ele, sempre na memória, que de novo atravessa o oceano, de volta, em busca do seu filhinho adorado.

 1210

 
Click to share thisClick to share this