2

Ângela Pinto

ShowInfographicImageAndResize Ângela Pinto nasceu em Lisboa a 15 de Outubro de 1869. Nasceu na rua do Arco da Graça, nº 30. Iniciou a sua actividade artística ainda muito nova, num teatro de feira de Setúbal. Com 20 anos de idade, a 29 de Outubro de 1889, estreia-se no teatro profissional, no teatro da Rua dos Condes na opereta «Lobos Marinhos». Brilhou tanto na comédia como na tragédia, participando nas peças «O Solar dos Barrigas» em 1892; «O Reino da Bolha» em 1897; em 1901 protagoniza um dos seus maiores êxitos artísticos ao viver o papel de Severa na obra de Júlio Dantas; «Amor de Perdição» em 1904; «Hamlet» em 1910, «Castelos no Ar», revista de sucesso em 1916, entre muitas outras. Em 1922 participa no filme «O Primo Basílio» ao viver o papel da criada Juliana. Numa noite de 1923, no Teatro D. Maria, acometida de uma síncope, cai redonda em palco. Hemiplégica, ficará inutilizada para o trabalho, e agarrada a uma cadeira de rodas até ao fim de seus dias. Os colegas organizam-lhe uma festa de homenagem no Teatro de S. Carlos, onde o então Chefe de Estado coloca-lhe no peito as insígnias do oficialato da ordem de Santiago. Morre em Lisboa a 9 de Março de 1925. ShowInfographicImageAndResize2
Click to share thisClick to share this