0

Reinaldo Ferreira continua a inovar no cinema português

ritaourito_1b Os restantes filmes de Reinaldo Ferreira são: «Rita ou Rito?», «Hipnotismo ao Domicilio» e «Vigário Foot-ball Club». «Rita ou Rito» insere-se numa série cómica dirigida por Reinaldo Ferreira para a sua empresa, «Repórter X-Film», na sequência de «O Táxi nº 9297», e baseia-se num caso pitoresco que, efectivamente teria ocorrido em Aveiro. A acção é, de qualquer forma, deslocada para a povoação de Rio Tinto Maduro, em cujo Palace Hotel vamos encontrar alguns convivas característicos: a Dr.ª Pílulas, inventora das célebres ditas contra o fastio; o Coronel Peixe-Espada, que gosta de gabar-se das suas fantasiosas aventuras africanas; a esposa que é pior do que o marido quando a escamam; a filha Gabriela, de alto lá com ela; o Conde Pastel de Nata, a quem o Coronel gostaria de ter como genro. A partir dum equívoco aparentemente trivial, Reinaldo Ferreira demonstra em «Rita ou Rito?» uma faceta inesperadamente hilariante, irresistível, através de mise-en-scène movimentada e ágil, com princípio, meio e fim, o que é raro acontecer nas peliculas do género que importávamos, como salientou a crítica da altura. O filme trazia mais uma novidade para o cinema português, o travesti. Os actores destes três filmes eram praticamente os mesmos: Alves da Costa, Alexandre Amores e Fernanda Alves da Costa.
Click to share thisClick to share this