Username:

Password:

Perdeu a Password? / Ajuda

Arquivo de July 2016

0

Cenas do filme «Pão Nosso» de Armando de Miranda

 

1587

(Partitura de uma canção do filme e cenas do filme «Pão Nosso»

588590

7562

0

O fado está também presente no filme «O Feitiço do Império»

Berta Cardoso 30_17011000 1222906926

(Foto 1 Berta Cardoso e Foto 2 Alfredo Marceneiro)

Como curiosidade, neste filme pode-se ver a fadista Berta Cardoso com Alfredo Marceneiro em atuações no Teatro Variedades e no Retiro do Colete Encarnado, que foram especialmente gravadas para posteriormente serem apresentadas no filme "Feitiço do Império", de António Lopes Ribeiro.

1Feitico

(Foto 3 Luís de Campos e um ator figurante, Foto 4 Luís de Campos e Isabel Tovar numa pausa das filmagens)

0

Considerações sobre o filme «O Feitiço do Império»

02

O argumento, da autoria de António Lopes Ribeiro, foi baseado num texto, muito diferente, de Joaquim Mota Júnior, vencedor de um concurso realizado pela Agência-Geral das Colónias para o efeito. Lopes Ribeiro considerou "O Feitiço do Império" como a sua melhor película sobre a África portuguesa. Estreou comercialmente no cinema Éden, em 23 de Maio de 1940, com a presença do Presidente da República. Apenas está conservada (Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema) a banda de imagem.

34

0

«O Feitiço do Império» filme de António Lopes Ribeiro

216217

O êxito do filme deveu-se em muito ao portentoso elenco que o compunha, repleto de figuras de artistas que haviam já granjeado o fervor e o entusiasmo de espectador graças às suas criações que os haviam firmado como intérpretes de primeira no teatro, fosse no declamado ou no de revista.

21816

0

O argumento do filme «O Feitiço do Império» – continuação

56

É então tratado pela filha de Vitorino, Mariazinha, papel que coube a uma jovem de nome Isabela Boleda da Mota, que adota o nome artístico de Isabela Tovar, e que após este filme abandona a vida artística. Luís acaba por apaixonar-se pela sua enfermeira, e é durante a sua convalescença que Luís será apanhado pelo Feitiço do Império. Entravam também neste filme em pequenos papéis, Alfredo Ruas, Amélia Pereira, Teodósio Cabral, António Martinez e António Vilar, que dava os seus primeiros passos, como ator, e que acabaria por se tornar mais tarde de o mais internacional dos atores portugueses.

0

O argumento do filme «O Feitiço do Império» – continuação

34

Conhece então Vitorino, papel que coube a Estêvão Amarante, colono já calejado e bem integrado em terras Africanas, bem como à sua filha. É precisamente numa caçada que Luís participa com Vitorino, que é ferido por um ataque de um leão.

220

0

«Bocage» estreia em 1936 pelas mãos de Leitão de Barros

 

      10

Leitão de Barros  junto com a Sociedade Universal de Superfilmes, decide em 1936 transpor para as telas a história do poeta português Bocage. A figura do grande poeta português do século XIII, nascido em Setúbal em 1765 e falecido em Lisboa em 1805, de que a tradição popular irresistivelmente se apossou, é focada através dum esboceto histórico da autoria de Rocha Martins, tendo também para o efeito, escrito os diálogos que comentavam a acção e feito os versos Gustavo de Matos Sequeira e Pereira Coelho. Dentro do panorama do cinema português, «Bocage» ficou marcado como uma das mais destacadas iniciativas no campo do filme de reconstituição histórica. O esplendor da encenação só viria a ser excedido, alguns anos mais tarde, noutra obra do mesmo realizador em que, circunstância curiosa se evoca a personalidade de outro poeta português, Luís Vaz de Camões. No entanto, este filme não seria apenas uma biografia do poeta, mas sim uma história romanceada sobre a vida e amores de Bocage.

 
0

«O Trevo de Quatro Folhas» foi um sucesso de público

  O filme «O Trevo de Quatro Folhas» foi um dos mais caros até à data, mas obteve um sucesso enorme de público não só em Portugal como igualmente no Brasil.   Para o sucesso no Brasil, isso deveu-se em parte á presença no elenco do actor brasileiro Procópio Ferreira.  

(Beatriz Costa e Nascimento Fernandes)

(Beatriz Costa e Procópio Ferreira)

0

Publicidade da época ao filme «O Trevo de Quatro Folhas»

 

Publicidade num jornal Brasileiro sobre a estreia do filme «O Trevo de Quatro Folhas» no Brasil.

 

Publicidade em revista de época sobre o filme «O Trevo de Quatro Folhas»

 

Mais publicidade anunciando a estreia do filme

Reprodução de um cartaz anunciando a estreia do filme

0

Fotografias do filme «O Trevo de Quatro Folhas»

(Beatriz costa)

(Beatriz Costa e Procópio Ferreira)

(Nascimento Fernandes)

(Nascimento Fernandes)

Pages:123
Put here your trakcing code, e.g. from Google Analytics.